Quem são meus irmãos?

0
168

QUEM SÃO MEUS IRMÃOS?

Parece-me que Jesus Cristo pode ajudar-nos a discernir o tema:
E a multidão estava assentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos te
procuram, e estão lá fora.
E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos?
E, olhando em redor para os que estavam assentados junto dele, disse: Eis aqui minha mãe e
meus irmãos.
Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha
mãe
.Abuso Sexual e o Kit Gay (Marcos 3:32-35)

O tema, reconheço, é bastante complexo. Tentarei ser objetivo:
a) Jesus mantém um embate constante com os hipócritas e convencionalistas.
b) Foge, ou seja, desaparece no meio da multidão quando populares exaltados tentam
apedrejá-lo.
c) Mas entrega-se às autoridades constituídas e submete-se ao julgamento, mesmo prevendo
que será maltratado com crueldade e morto.

Resumo da história: existem indivíduos que estão numa condição primitiva, carecendo de um
processo educativo profundo e intenso para se ajustarem à sociedade. São criaturas
animalizadas que vivem e se movem pela força e pela violência. Parte deles se recusa e se revolta
ainda mais quando compelida à obediência das normas civilizadas e do sistema de justiça. Assim,
a contenção torna-se recurso indispensável. No entanto, urge aperfeiçoar o modelo porque a
simples segregação não se mostra suficiente, a fim de que se possa inseri-los no gozo da
cidadania.

Talvez a melhor designação para eles seja “doentes”, ao invés de irmãos. “E Jesus, respondendo,
disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos”.
Jesus Cristo parece evitar o confronto direto com os apedrejadores assassinos. Não dá a sua vida
em holocausto a troco de nada. Espera o momento e as condições adequadas para o seu próprio
sacrifício.
O I Ching diz que “há causas que valem mais do que a vida.” Entendo que para doá-la, convém
posicionar-se com sabedoria. Infelizmente, o reino do Cristo ainda não é deste mundo.

Portanto, nem todos os homens são meus irmãos – somente aqueles que fazem a vontade de
Deus. Em relação a alguns, eu necessito agir com muita prudência e contribuir para que o Estado
desenvolva políticas públicas mais eficazes para a sua inclusão social. Para eles, a Terra ainda
não é uma escola abençoada de evolução espiritual, mas uma selva onde tudo lhes parece lícito.
São dignos de compaixão, mas estão fora de minhas possibilidades de assistência isoladamente.
Oro por eles, mas também para que Deus me livre do mal, tanto o externo como o íntimo, que
procedem do ambiente e do meu coração, respectivamente. Numa escala, diria que hoje são
adversários da paz coletiva, amanhã estarão no papel do “próximo” e, no grande futuro, de
“irmão” em Deus.
Antigo ditado afirma que existem pessoas mais realistas do que o rei. Eu penso comigo mesmo
que não devo pretender ser mais cristão do que Jesus Cristo!

Se lhes interessar, postei alguns vídeos no YouTube referentes a Evangelho e Violência:
1. https://www.youtube.com/edit?o=U
2. https://www.youtube.com/edit?o=U
3. https://www.youtube.com/edit?o=U
4. https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=ZitJMxoP5xc
Abraços

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here